O Fotógrafo

“Se seguir aquilo que ama não se perderá”. Paulista, natural de São Bernardo do Campo, fui criado em uma família de 8 talentosos irmãos e desde cedo estávamos envolvidos com a arte. Começando com peças de teatro, indo para a música, até chegar na fotografia. Meu primeiro contato mais profundo com a fotografia aconteceu há quase 20 anos. Entre 1999 e 2001, no projeto “Casa da Fotografia” desenvolvido pelo Centro Cultural Jardim Inamar com o apoio da prefeitura de Diadema-SP. Foram quase dois anos de curso de fotografia. Além das tecnicas fotograficas também tive a experiência de revelar as próprias fotos em  laboratório. Simplesmente fascinante! Nesse periodo, recebi o convite de trabalhar com a professora do curso, fiquei muito empolgado com o convite, mas na época, devido às escolhas, optei por seguir outro caminho profissional e deixei a fotografia como hobby. E 10 anos depois, após mudar de São Paulo para Porto Alegre, a fotografia acabou me encontrando novamente e dessa vez não deixei escapar. Comecei fotografando alguns eventos, tendo algumas experiências, até que em 2012 fotografei o primeiro casamento, ali foi onde tudo começou. Além da oportunidade de conhecer vários lugares, pessoas, culturas, a fotografia me deu uma família. A falta que eu sentia da minha família e amigos devido a mudança de São Paulo para Porto Alegre, acabei suprindo com a fotografia de casamento. A cada evento que fotografo me sinto acolhido e me sinto parte da família, tenho uma conexão com as pessoas que fotografo e depois acabamos tornando amigos. Acredito que esse seja um dos motivos que faz com que a minha fotografia possa transmitir uma emoção real e momentos espontâneos dos eventos, algo mais que imagens.

“Mas por que fotografia de casamento?”

A fotografia de casamento é o estilo que me define. Embora muitas vezes seja uma mistura de paixão e obsessão. Um desejo insaciável de explorar cada minuto com a câmera na mão, tentar capturar um momento que sintetize não apenas o amor entre o casal , mas a vibração e a alma do  lugar. Pra mim a fotografia é uma paixão. É a ponte entre o presente e o passado. É o que deixaremos para as próximas gerações, um legado, e é por isso que fotografo. A cada dia me convenço que a fotografia é uma missão em minha vida. E qual história você vai deixar para as próximas gerações?

Será um prazer fazer parte da sua história. Vamos contar juntos!!!